06/10/2009

UMA VERSÃO ÔCA

Em um episódio da série SIX FEET UNDER (no Brasil, "A SETE PALMOS"), a personagem da magnífica atriz Lauren Ambrose, Claire Fisher, diz uma frase que é mais ou menos assim: "Tudo parece ter sido substituído por uma versão ôca da mesma coisa". Claro que, na história, isso tinha um contexto que agora eu nem lembro qual é. Mas o fato é que a frase me marcou muito e comecei a perceber que, em alguns aspectos, a minha vida também está ôca. Embora a vida ainda seja a mesma. Não entendeu? Prestenção: sabe quando aquilo que preenchia parece ter escorrido pelo ralo? E o que restou permanece ali...uma carcaça, cheia de espaços vazios? Não, eu não fiz uso de nenhuma droga antes de escrever isso. Na verdade, nem sei explicar muito bem. Sei desse tal vazio. Da inexistência. Sei de tudo ainda ali. Me encarando. Do meu ladinho. E não sei explicar muito bem. Fazer o que? O contexto da frase dita por Claire Fisher era outro, com certeza. Mas apaixonado pela série como sou, sei que a vida da personagem sempre foi um turbilhão de pensamentos, dúvidas, decepções e constatações, típicas do ser humano e expostas de forma exagerada pela série. Mas como me identifico com isso!! Nossa!! Talvez porque tudo sempre aconteça de forma quase igual para todos nós. Né, não? Acredito que essa "versão ôca da mesma coisa" seja um tempo necessário. Talvez para ampliar nosso olhar. Talvez para que possamos aprender um pouco mais sobre nós, sobre o outro ou sobre seja lá o que for.

4 comentários:

Paty disse...

o que interpreto desta frase é que as coisas não mudam, passam gerações e gerações e o nosso comportamento e tudo que nos rodeia continua igual, travestido de uma mudança, mas sem conteúdo, s/ criatividade, s/ inovação.

Anônimo disse...

Bem, hoje é quarta-feira (07)e essa é a minha primeira vez, digamos assim, no blog ... Dos posts que li, o da 5ªfeira nublada me chamou atenção. Nem parece vc de tão "refreshing and amazing"! brincadeira ...
Mas, vou passar a frequentar mais pq gosto do que escreve e, principalmente, de como escreve!
bjos. Deb.

Vini e Carol disse...

Entendi o que você quis dizer.
É como se fosse uma laranja, que já foi chupada, ou estragou, e só sobrou o bagaço. E mesmo estando em péssimo estado, ainda está ali, no físico.
Super interessante esse ponto de vista.
E o texto ficou muito bom.
Abraço.

30 e poucos anos. disse...

Vc sentir sua vida oca será q não significa q não está conseguindo realizar e conquistar nada de novo?
O lema da humanidade é evoluir e nós temos que dar os passos em direção desta evolução crescendo e aprendendo mais e mais a cada dia